Bolsa de Investigação para Licenciado (m/f) (11-05-16)


 Powered by Max Banner Ads 

Fundação Gaspar Fructuoso


Na Fundação Gaspar Fructuoso, encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação (BI) para Licenciado, com vista ao desempenho de funções num projeto de investigação, ref. FCT-PTDC/BIABIC/0054/2014, designado por “MACDIV Macaronesian Islands as a testing ground to assess biodiversity drivers at multiple scales”, financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), com o apoio financeiro no âmbito do Projeto 3599 – Promover a Produção Científica, o Desenvolvimento Tecnológico e a Inovação – Não Cofinanciada, nas seguintes condições:

1. Área Científica: Biologia (Biodiversidade / Ecologia / Entomologia Ciências do Ambiente) e áreas afins

2. Requisitos de admissão: Serão admitidos ao concurso candidatos com o grau de Licenciado em Biologia, Ciências do Ambiente, ou áreas afins, preferencialmente com experiência em amostragens de campo com protocolos intensivos e identificação de espécies de aranhas (e eventualmente coleópteros) com o apoio de um Taxonomista experimentado.

3. Plano de trabalhos: A bolsa terá por finalidade a obtenção de dados sobre a diversidade dos artrópodes das Florestas Naturais de várias ilhas da Macaronésia. O Bolseiro terá a oportunidade de trabalhar numa equipa multidisciplinar de cientistas do Grupo da Biodiversidade dos Açores (http://www.gba.uac.pt/), que incluem especialistas em taxonomia de insectos e modelação ecológica. Os objectivos do trabalho a desenvolver pelo bolseiro incluem: 1- Realização de amostragens de campo com protocolo COBRA; 2) Identificação de das espécies de artrópodes (Aranhas, Coleópteros) com o apoio de um Taxonomista experimentado; 3) Criação de uma Base de Dados;

4. Legislação e regulamentação aplicável: Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei nº 40/2004, de 18 de agosto, alterado e republicado pelo Decreto-Lei nº 202/2012, de 27 de agosto e alterado pelo Decreto-Lei nº 233/2012, de 29 de outubro, pela Lei nº 12/2013, de 29 de janeiro e pelo Decreto-Lei n.º 89/2013 de 9 de julho.
Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT, I. P., aprovado pelo Regulamento nº 234/2012, de 25 de junho, alterado pelo Regulamento nº 326/2013, de 27 de agosto de 2013, em vigor (www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamento.phtml.pt) e do Regulamento de Bolsas de Investigação Científica da FFCUL aprovado em 22 de dezembro de 2014.

5. Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido no Departamento de Ciências Agrárias da Universidade dos Açores (Ilha Terceira), local onde se encontra sedeado o Grupo da Biodiversidade dos Açores do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais, sob a orientação científica do Professor Doutor Paulo A. V. Borges.

6. Duração da bolsa: A bolsa tem início previsto em 1 de julho de 2016. O contrato com a duração inicial de 6 meses, poderá ser renovado por mais seis meses, mas nunca poderá ser imputado para além do período de elegibilidade do projeto

7. Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante inicial da bolsa corresponde a €745, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores). O Bolseiro usufruirá de um seguro de acidentes pessoais e, caso não se encontre abrangido por qualquer regime de proteção social, pode assegurar o exercício do direito à segurança social mediante adesão ao regime do seguro social voluntário, nos termos previstos do Código dos Regimes Contributivos do Sistema Previdencial de Segurança Social. O valor da bolsa será pago mensalmente por transferência bancária.

8. Métodos de seleção e respetiva valoração: Os candidatos serão avaliados com base na qualidade do curriculum vitae (avaliando-se a adequação do perfil do candidato aos fins a que a bolsa se destina). Uma entrevista a candidatos pre-seleccionados poderá ser necessária para avaliação de experiência teórica e prática em cujo caso a ponderação será de 70% currículo-30% entrevista.

9. Composição do Júri de Seleção: Professor Doutor Paulo A. V. Borges (Presidente); Doutor Pedro Cardoso, Doutora Isabel Amorim Rosário (vogais); Doutor Mário Boieiro (suplente)

10. Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada alfabeticamente afixada no átrio do Departamento de Ciências Agrárias da Universidade dos Açores, sito Campus do Pico da Urze, Rua Capitão João D’Avila,  9700-042 Angra do Heroísmo, sendo o(a) candidato(a) aprovado(a) notificado através de e-mail.

11. Prazo de candidatura: O concurso encontra-se aberto no período de 1 a 30 de maio de 2016.

12. Forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas podem ser formalizadas, através de correio electrónico para Paulo A. V. Borges (pborges@uac.pt) acompanhadas dos seguintes documentos: carta de motivação indicando as razões porque se considera adequado(a) para o cargo, curriculum vitae detalhado e cópias dos certificados de habilitações.

Informação adicional sobre o Centro pode ser encontrada no site: http://www.gba.uac.pt/

Produtos Sugeridos

As Borboletas de Portugal

As Libélulas de Portugal

Pacote de 2 livros 4asas/4wings – “As Libélulas de Portugal” e “As Borboletas de Portugal”

Guia de Campo das Árvores de Portugal e Europa

[Se desejar manter-se informado sobre as oportunidades de emprego que surgem diariamente na área do Ambiente e Gestão de Recursos Naturais, siga a página "NaturJobs" que a Naturlink criou no Facebook em http://facebook.com/NaturJobs]

Website Apps