Bolsa de Investigação para Licenciado (m/f) (12-10-16)


 Powered by Max Banner Ads 

Fundação Gaspar Frutuoso


Na Fundação Gaspar Frutuoso FP, encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação (BI) para Licenciado, com vista ao desempenho de funções num projeto de investigação, ref. FCT-PTDC/BIABIC/0054/2014, designado por “MACDIV Macaronesian Islands as a testing ground to assess biodiversity drivers at multiple scales”, financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), com o apoio financeiro no âmbito do Projeto 3599 – Promover a Produção Científica, o Desenvolvimento Tecnológico e a Inovação – Cofinanciado a 100% pelo Orçamento de Estado, nas seguintes condições:

1. Área Científica: Biologia (Biodiversidade / Ecologia / Entomologia Ciências do Ambiente) e áreas afins

2. Requisitos de admissão: Serão admitidos ao concurso candidatos com o grau de Licenciado em Biologia, Ciências do Ambiente, ou áreas afins, preferencialmente com experiência em amostragens de campo com protocolos intensivos e identificação de espécies de aranhas (e eventualmente coleópteros) com o apoio de um Taxonomista experimentado.

3. Plano de trabalhos: A bolsa terá por finalidade a obtenção de dados sobre a diversidade dos artrópodes das Florestas Naturais de várias ilhas da Macaronésia. O Bolseiro terá a oportunidade de trabalhar numa equipa multidisciplinar de cientistas do Grupo da Biodiversidade dos Açores (http://www.gba.uac.pt/), que incluem especialistas em taxonomia de insetos e modelação ecológica. Os objetivos do trabalho a desenvolver pelo bolseiro incluem: 1) Realização de amostragens de campo com protocolo COBRA; 2) Identificação de espécies de artrópodes (Aranhas, Coleópteros) com o apoio de um Taxonomista experimentado; 3) Criação de uma Base de Dados.

4. Legislação e regulamentação aplicável: Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei nº 40/2004, de 18 de agosto, alterado e republicado pelo Decreto-Lei nº 202/2012, de 27 de agosto e alterado pelo Decreto-Lei nº 233/2012, de 29 de outubro, pela Lei nº 12/2013, de 29 de janeiro e pelo Decreto-Lei n.º 89/2013 de 9 de julho. Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT, I. P., aprovado pelo Regulamento nº 234/2012, de 25 de junho, alterado pelo Regulamento nº 326/2013, de 27 de agosto de 2013, em vigor (www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamento.phtml.pt) e do Regulamento de Bolsas de Investigação Científica da FFCUL aprovado em 22 de dezembro de 2014.

5. Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido no Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente da Universidade dos Açores (Ilha Terceira), local onde se encontra sedeado o Grupo da Biodiversidade dos Açores do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais, sob a orientação científica do Professor Doutor Paulo A. V. Borges.

6. Duração da bolsa: A bolsa tem início previsto em 1 de Dezembro de 2016. O contrato terá a duração de 7 meses, que coincide com o período de elegibilidade do projeto.

7. Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante inicial da bolsa corresponde a €745, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores). O Bolseiro usufruirá de um seguro de acidentes pessoais e, caso não se encontre abrangido por qualquer regime de proteção social, pode assegurar o exercício do direito à segurança social mediante adesão ao regime do seguro social voluntário, nos termos previstos do Código dos Regimes Contributivos do Sistema Previdencial de Segurança Social. O valor da bolsa será pago mensalmente por transferência bancária.

8. Métodos de seleção e respetiva valoração: Os candidatos serão avaliados com base na qualidade do curriculum vitae (avaliando-se a adequação do perfil do candidato aos fins a que a bolsa se destina). Uma entrevista a candidatos pre-selecionados poderá ser necessária para avaliação de experiência teórica e prática em cujo caso a ponderação será de 70% currículo-30% entrevista.

9. Composição do Júri de Seleção: Professor Doutor Paulo A. V. Borges (Presidente); Doutor Pedro Cardoso, Doutora Isabel Amorim Rosário (vogais); Doutor Mário Boieiro (suplente)

10. Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada alfabeticamente afixada no átrio do Departamento de Ciências Ciências e Engenharia do Ambiente da Universidade dos Açores, sito Campus do Pico da Urze, Rua Capitão João D’Avila, 9700-042 Angra do Heroísmo, sendo o(a) candidato(a) aprovado(a) notificado através de e-mail.

11. Prazo de candidatura: O concurso encontra-se aberto no período de 17 a 28 de outubro de 2016.

12. Forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas podem ser formalizadas, através de correio eletrónico para Paulo Borges (paulo.av.borges@uac.pt) acompanhadas dos seguintes documentos: carta de motivação indicando as razões porque se considera adequado(a) para o cargo, curriculum vitae detalhado e cópias dos certificados de habilitações. Informação adicional sobre o Centro pode ser encontrada no site: http://www.gba.uac.pt/

Produtos Sugeridos

As Libélulas de Portugal

As Borboletas de Portugal

Pacote de 2 livros 4asas/4wings – “As Libélulas de Portugal” e “As Borboletas de Portugal”

Conjunto de 3 Guias de Campo FAPAS da Fauna e Flora de Portugal e Europa

[Se desejar manter-se informado sobre as oportunidades de emprego que surgem diariamente na área do Ambiente e Gestão de Recursos Naturais, siga a página "NaturJobs" que a Naturlink criou no Facebook em http://facebook.com/NaturJobs]

Website Apps